Feira Multicultural Santa Mix #ProgramaçãoInfantil #evento #oficina #RJ #fotos

A Feira Multicultural Santa Mix, no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, pintou de última hora e, mesmo no improviso, deu tudo certo! Adoramos participar! Que venham outras!

 

Confira nossa página no Facebook clicando AQUI!

Filmes nacionais para trabalhar em sala de aula #cinema #escola #LDB #multiculturalismo #TemasTransversais

CinemaEscolas
Desde 2014 que a Lei 13.006 garante a exibição de filmes brasileiros nas escolas de ensino básico. É preciso que a exibição seja interessante e envolva os estudantes no debate e reflexão sobre os temas. Um exemplo é o filme Tainá 3 – A Origem, de Rosane Svartman, que conta a história da personagem Tainá, uma indiazinha que vive na Amazônia e parte para uma aventura em busca da mágica flecha azul, enviada por Tupã. O desafio faz parte de uma competição entre os garotos da aldeia para definir quem será o novo guerreiro da tribo. Mesmo sendo impedida de participar por ser menina, ela conta com a ajuda do avô e parte em busca da flecha.
 
A história pode ser um ótimo gancho para os estudantes conhecerem mais sobre a região da Amazônia, aprenderem sobre a cultura indígena e refletirem sobre a diversidade cultural do país. O filme também abre a possiblidade de trabalhar conteúdos de educação ambiental, contemplando discussões sobre o consumo consciente. Além disso, também podem ser abordadas relações de gênero, orientação sexual, construção e reconhecimento da autoimagem e da identidade. O site disponibiliza um guia do professor para cada filme (o guia do terceiro filme, Tainá 3 – A Origem, ainda não foi lançado), para auxiliar no desenvolvimento de projetos de educação ambiental, promover discussões temáticas em conjunto com todas as demais disciplinas e, ainda, aplicação nas aulas de Educação Física, Artes Cênicas, Artes Plásticas e Música.
Screen Shot 2016-03-28 at 2.19.34 PM.png
O portal  Porvir separou uma lista com algumas obras do cinema nacional que podem ser utilizadas na sala de aula e que foram apresentadas por Cláudia Mogadouro, pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação da USP. Todos os filmes inseridos na lista têm materiais de apoio e planos de aula que foram publicados pela pesquisadora no site Net Educação.
1. Tainá 3 – A Origem (Rosane Svartman)
O filme da conta a história da personagem Tainá, uma indiazinha que vive na Amazônia e parte para uma aventura em busca da mágica flecha azul, enviada por Tupã. O desafio faz parte de uma competição entre os garotos da aldeia para definir quem será o novo guerreiro da tribo. Mesmo sendo impedida de participar por ser menina, ela conta com a ajuda do avô e parte em busca da flecha.

A história pode ser um ótimo gancho para os estudantes conhecerem mais sobre a região da Amazônia, aprenderem sobre a cultura indígena e refletirem sobre a diversidade cultural do país. Além disso, o filme também abre a possiblidade de trabalhar conteúdos de educação ambiental, contemplando discussões sobre o consumo consciente.

Classificação: livre
Público alvo: ensino fundamental
Duração: 80 minutos

O caminhoneiro João decide cruzar o Brasil para fugir de traumas do passado. Durante sua viagem, ele conhece Duda, um garoto órfão de mãe que decidiu procurar o pai. Enquanto os dois viajam, a amizade entre eles cria força. Apesar do drama, Duda é um menino cheio de vida que ajuda João a superar o seu passado.

O filme pode ser utilizado pelos professores para discutir sobre diferentes processos de urbanização no país e as novas configurações da família brasileira. As músicas do cantor Roberto Carlos também são outros elementos que estão presentes durante toda a obra. As cenas podem ajudar a refletir sobre a música popular brasileira e as suas influências no cotidiano.

Classificação: 14 anos
Público alvo: ensino médio
Duração: 90 minutos

3. A Máquina (João Falcão)

Com um roteiro alegórico, o filme conta a história de Antônio, um rapaz que mora em uma cidade chamada Nordestina, tão pequena que nem consta no mapa. Aos poucos, os habitantes do local começam a deixar a cidade para partir em busca do mundo. Quando a jovem Karina, por quem ele é apaixonado, decide ir embora, Antônio resolve construir uma máquina do tempo para ir até o futuro e trazer o mundo até ela.

Entre as cenas, os alunos podem ter contato com diversas manifestações da cultura popular nordestina. A história ajuda a refletir sobre o conceito do tempo e a construção do futuro. Outra possibilidade de trabalho é discutir com os estudantes as perspectivas de trabalho para brasileiros que moram longe dos grandes centro urbanos.

Classificação: livre
Público alvo: ensino médio
Duração: 90 minutos

4. Janela da Alma (João Jardim/Walter Carvalho)

O documentário apresenta pessoas com diferentes graus de deficiência visual e trata a relação que elas têm com a visão e o olhar. Diversas celebridades como o prêmio Nobel José Saramago e o músico Hermeto Paschoal fazem revelações sobre o significado de não ver em um mundo com o excesso de informações audiovisuais.

A obra pode ser utilizada pelo professor para trabalhar temas como deficiência, visão e o excesso de informações audiovisuais. O documentário também pode traçar um paralelo com a mito da caverna de Platão.

Classificação: livre
Público alvo: ensino médio
Duração: 73 minutos

5. Uma História de Amor e Fúria (Luiz Bolognesi)

A animação conta a história de amor de um herói imortal e Janaína. Passando por épocas históricas do Brasil, como a exploração portuguesa, a escravidão e a ditadura militar, o filme vai apresentando a trajetória do casal que sobrevive por todas essas fases. Além disso, a obra também apresenta uma projeção de futuro do país em 2096.

Entre os assuntos que podem ser trabalhados com os estudantes, estão a colonização portuguesa e a história do Brasil sob o ponto de vista dos dominados. Além disso, também é possível projetar problemas e soluções para o futuro.

Classificação: 12 anos
Público alvo: ensino médio
Duração: 74 minutos

6. Capitães da Areia (Cecília Amado)

Adaptação da obra de Jorge Amado, o filme conta a história dos adolescentes que vivem pelas ruas de Salvador, sem que ninguém possa cuidar deles. Liderados por Pedro Bala, os jovens formam um grupo chamado Capitães da Areia e vivem os sonhos e pesadelos de adolescentes.

O filme pode ser utilizado para trabalhar a disciplina de literatura, fazendo um paralelo com o livro. Outra possiblidade é criar reflexões sobre a adolescência e os amores da juventude.

Classificação: 16 anos
Público alvo: ensino médio
Duração: 96 minutos

Saiba mais:

Venha colorir nos dias 12 e 13/12 no #evento #Ipiranga70 #diversão #grátis #Rio #FoodTruck #música #arte #gastronomia #ProgramaçãoInfantil

Nos dias 12 e 13 de dezembro, o Instituto Sociedade Amante da Instrução (ISAI), instituição sem fins lucrativos que atende 160 crianças carentes de 5 a 11 anos vai realizar, no bairro de Laranjeiras, um evento beneficente para os festejos de Natal. O ‘Ipiranga, 70‘ busca arrecadar recursos para obras e melhorias dos espaços das crianças.

O evento contará com gastronomia, música, arte e atividades infantis. O Mundo Colorido de Francisca não poderia ficar de fora. Vamos estar lá brincando muito! Além da festa ao ar livre, o evento promoverá, ainda, visitas guiadas pelo prédio de arquitetura colonial, para matar a curiosidade de quem nunca passou pelos portões da casa.

Chica_ISAI

O Instituto Sociedade Amante da Instrução é localizado na Rua Ipiranga 70.

FoodTrucks e Bikes confirmados:

TapiRoad
Burgertopia
Oinc Point
Upgrade
Beer 21
Empório de Minas
Los Mendozitos
Paleta Carioca
Brasileiríssimo Gourmet
Original
Le Petit Paris
La Furgoneta
Don ConeOne (Bike)
A Peregrina
Suco Que Beleza

Expositores confirmados:

Eu Vi Primeiro
Regina Costa – Joalheria Autoral
Livia Costa Joias
Knoty Knots
O Pão
Laboratório Di Pasta

Para ouvir  no sábado – 12/12:
Dj Ricardo Carvalho
15h – Lars Hokerberg e banda
17h – Thiago Martins e Dudu Azevedo
18h – The Peixes
19h – Forró de Rabeca

E no domingo – 13/12:
Dj André Pinguim
15h – Último Copo
16h – Devir
17h – Cardosão
18h30 – Don Pablito
20h – Makinando

– Para as crianças
Brinquedos | Oficina de colorir: ‘O mundo colorido de Francisca’, com Carol Graciosa – 12 e 13/12, às 15h

– Para matar a curiosidade
Visita guiada pelo casarão

– Espaço pic-nic!

Serviço:

12 e 13 de dezembro
12h às 21h
Rua Ipiranga, 70 – Laranjeiras

 

3a #FLIVA #FeiraLiterária #literatura #livro #Valença #SulFluminense #foto #evento #ProgramaçãoInfantil

O Mundo Colorido de Francisca participará da #Fliva – Feira Literária de Valença no feriado do Dia das Crianças #livro #LiteraturaInfantil

Estaremos, mais uma vez, na Fliva, com oficina no dia 9 de outubro, para comemorarmos o Dia das Crianças com muita alegria! Veja a programação completa no site do evento: www.fliva.com.br. Até lá!

Fliva_09

Mais #fotos do Salão do Livro de São Gonçalo #aniversário #2anos #divulgação #leitura #livro #diversidade #inclusão #LiteraturaInfantil #literatura

.:. Fotos gentilmente cedidas pela Secretaria de Educação de São Gonçalo .:.

Fotos do Salão do Livro de São Gonçalo #aniversário #2anos #divulgação #fotos #leitura #livro #diversidade #inclusão #LiteraturaInfantil #literatura

Nosso evento em São Gonçalo teve leitura em voz alta com as crianças, oficina de colorir, bate-papo e muita alegria! Nossos agradecimentos especiais vão para a equipe do Salão Municipal do Livro, que foi muito atenciosa; a Secretaria de Educação de São Gonçalo, pela oportunidade maravilhosa; e para as crianças que participaram com muito entusiasmo e interesse de nossas atividades. Na ocasião doamos 150 livros para os alunos das escolas públicas municipais de São Gonçalo. Uma bela maneira de comemorarmos 2 anos de lançamento de nossa primeira série!

Valeu mesmo!

.:. Fotos de Paulo Renato Colombiano .:.